terça-feira, 4 de novembro de 2008

Os dois lados.

Tudo o que se vê por fora sempre foi o oposto do lado de dentro, só que agora ela começa a ser igual dos dois lados, nem sempre vai ser possível sorrir enquanto as lágrimas não param de rolar por dentro, ela vai procurar ser forte em todos os momentos, mais às vezes ela vai precisar de alguém que seja mais forte do que ela pra ajudar, agora ela começa a ter várias crises e ela não espera que todos aceitem, só que entendam sem pedir que seja diferente, porque nesse momento talvez não seja possível agradar a maioria, talvez muita gente ainda vá se decepcionar com as atitudes dela. Ela sempre soube relevar e engolir os maiores desaforos sem “agredir” ninguém, mais chega uma hora que não dá pra fingir que tudo está bem e que as pessoas não te machucam, não dá pra simplesmente enfiar um sorriso no rosto e sair como se nada tivesse acontecido. Existe um lado dela agora que sabe se defender, e que às vezes gosta disso, não muito pelo fato de quase tudo ser motivo pra esse outro lado se manifestar, às vezes em situações em que ela só precisa manter a calma e relaxar, não tem como, esse lado explosivo aparece e acaba fazendo alguns estragos, nada irreparável, sem concerto depois de qualquer conversa, mais causa alguns danos notáveis. Ela vai superar tudo isso, vai passar, e tudo vai se encaixar em seus devidos lugares exatamente como deve ser!

Um comentário:

May Carvalho ჱܓ disse...

Você escreve super bemm ;D
Amei esse post, era algo que eu realmente precisava ler!

"Ela vai superar tudo isso, vai passar, e tudo vai se encaixar em seus devidos lugares exatamente como deve ser!"

Ela vai e eu tambem..

Beijos, amei aqui.♥turfes