segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Absolutamentenada!

...e talvez ela não é tão feliz quanto parece, talvez o dinheiro e a fama dela não a fazem a pessoa que todos pensam que ela é, e talvez nem ela mesma saiba quem é, ou talvez somente ela possa compreender tudo o que vive, saber o porquê de tudo que se priva na vida, os prazeres, as amizades, as aventuras e até mesmo os amores, ela sabe que por dentro nada é igual o que é por fora, não que não seja transparente, é, mais sabe que a melhor parte dela está escondida em um lugar intocável e ninguém pode ver, mas talvez não seja tão intocável assim, na verdade ela sabe que um dia alguém vai conseguir chegar lá, talvez já tenham chegado, ou pensam que sim, ela sabe que todos acham que ela é muito complicada, na verdade ela sabe que é, ou não, se for analisar a fundo você percebe que nada é exatamente o que parece ser, depende de como você interpreta, e se for olhar o mais profundo, o mais intimo é tudo muito simples, muito fácil de compreender, ou não, depende de quem estiver olhando. E o amor? Ah...ela tem, muito, só são raros os que despertam isso nela, mais quando despertarem com certeza saberão, nem será necessário ouvir dela, tipo, dá pra ver sabe?! Talvez toda essa complicação, toda essa perplexidade faça dela simplesmente diferente de tudo, de todos, pode até fazer dela mais interessante, ou não, depende de quem vê, se te agrada ou não isso não preocupa muito ela, mais preocupa, às vezes, mais é difícil! Quer um conselho? Desista de tentar entender, se quiser...somente ame, assim, exatamente como ela é, com todas as suas imperfeições e suas fases, ou então, tente entender...e desista sem conseguir nada, nem mesmo amá-la, pra ela não fará muita diferença, ela sabe que quem a aceitar exatamente como é com certeza merece muito dela, merece muito desse mundo criado por ela, não intocável mas com certeza difícil de entrar, ou não, depende de quem for, mas vá por mim, vale a pena arriscar e ver que nem é tão difícil assim, na verdade ela será doce e amável, ou amarga e insensível de acordo com o que você for, por este lado percebe-se que boa parte do que ela é depende muito do que serão com ela. Ahh tenta, de repente você gosta e quem sabe não acaba até entendendo ela, ou pode concluir que tudo isso não significa absolutamentenada!!!

Um comentário:

l'esprit fabuleux disse...

Adorei o texto jaque, lembrou uma época minha :)
Você escreve bem *-*

te amo ;@